Radio Gameleira Fm 87,9 FM
Publicidade
Publicidade
Rio Branco/AC
Min.
Máx.
A Pantera Cor-de-Rosa e Seu Zé Pilintra no baile de carnaval do Afa Jardim, em Rio Branco
04/02/2018

Vestido de terno branco com blusa e gravata vermelhas e sapato de cromo, Seu Zé Pilintra, o advogado dos pobres e excluídos, saiu com sua Pantera Cor-de-Rosa, ontem à noite, e esqueceu seu ofício: o de advogar a favor dos excluídos, que do lado de fora dos muros do baile carnavalesco viviam o terror de uma cidade violenta.

Que tiro foi esse? Pergunta um dos hits do carnaval. A resposta? Mais um morto em algum lugarejo pobre, distante da convivência de Seu Zé e sua Pantera.

Contam que Seu Zé não tem nada de mané. Ao contrário. É um sujeito malandro, não no sentido da picaretagem e safadeza, mas no sentido da boemia, do gosto pelas mulheres, prazer pela vida noturna, e pelo jogo e por uma boa bebida.

Ele adora observar acontecimentos ao redor. Parece fazer um diagnóstico. Mas ultimamente tem falhado, e muito, esse Zé. Põe a culpa em outras entidades, aquelas que estão acima dele, e elas pouco se importam.

Seu Zé adora um samba carioca. Tem preferência por Cartola, Dona Ivone Lara, Noel Rosa, e não despreza um Diogo Nogueira…

Sua Pantera Cor-de-Rosa também. Principalmente dos desfiles chiques da Sapucaí…

Sorte da Cades que tem seu Acre Solidário…

Azar do Acre violento, sem solidariedade…

E o hit continua… Já são mais de 50 mortes violentas em 35 dias…

Aliás, Seu Zé, na foto, faltou o chapéu panamá com fita vermelha.

Fonte: ac24horas
Programa Nosso Sonho Nosso Tempo
00:00 as 06:00
Publicidade
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
Travessa Cabanelas, 40 - Rio Branco/AC
Ligue agora
(68) 9956-3906
Horário de atendimento
08:00 AS 18:00 HS