Radio Gameleira Fm 87,9 FM
Publicidade
Publicidade
Rio Branco/AC
Min.
Máx.
Psicóloga fala sobre cuidados da saúde mental, dá orientações e aborda caminhos para equilíbrio psicológico
07/01/2018

Um estudo realizado na Nova Zelândia, no primeiro semestre de 2017, deu conta de que na meia idade, 80% das pessoas irão sofrer algum tipo de transtorno mental, em decorrência de fatores psicológicos, sociais e biológicos. Nesse sentido, o Janeiro Branco, campanha idealizada em 2014 para mobilizar a sociedade em favor da saúde mental, tem repercutido de forma muito positiva nos dias atuais.

O mês também é destinado, na mesma campanha, à luta contra a Psicofobia (preconceito contra quem tem transtorno mental). Com essa ideia em mente, o Janeiro Branco pretende colocar o tema da saúde mental ao máximo em evidência durante esse primeiro mês do ano, fazendo com que as pessoas reflitam, discutam e atualizem suas ideias sobre os cuidados com as funções mentais e psíquicas.

A psicóloga, professora mestre e coordenadora do curso de Psicologia da Faculdade da Amazônia Ocidental (FAAO), Kelly Albuquerque, em entrevista concedida à ContilNet na manhã desta quinta-feira (4), falou sobre a importância de presar pela saúde mental, busca pela psicoterapia e orientações dentro da área que estuda o comportamento humano. “O mês de janeiro foi escolhido a dedo para a campanha. Por alguns motivos. O primeiro é que em janeiro, as pessoas têm a sensação de um novo começo, novos planos e novo estilo de vida”, defendeu.

Durante a entrevista, a especialista disse que é fundamental a procura por um profissional da área, seja em situação de adoecimento ou necessidade de autoconhecimento.

“A procura pelo profissional da psicologia não tem pré-requisito ou contra-indicação”, afirmou.

Albuquerque também citou a possibilidade de procurar as clínicas-escola do Estado, treinadas para oferecer atendimento psicológico gratuito a toda a comunidade. O Serviço de Psicologia da FAAO, sendo o primeiro do Estado e com estrutura de qualidade, atende segunda, quarta e sexta (08h – 12h / 14h – 18), terça e quinta (08h – 12h / 14h – 20h) e no sábado (08h – 12h) ou pelos números (68) 2106-8244 / (68) 2106-8246 / (68) 99964-2373.

Confira a entrevista na íntegra:

ContilNet- Qual o principal objetivo da Campanha Janeiro Branco?

A campanha Janeiro Branco tem como tema “Quem cuida da mente, cuida da vida!”. Iniciada em 2014, no Brasil, e idealizada, segundo o site da Academia do Psicólogo, pelo psicólogo Leonardo Abrahão, tem como objetivo sensibilizar a sociedade para a importância da saúde mental, da prevenção e da manutenção da saúde emocional. É uma campanha que já atingiu nível mundial, através, principalmente, do apoio nas redes sociais.

ContilNet- Qual a importância de cuidar da saúde mental?

“Cuidar da Saúde Mental é cuidar da vida”, disse Kelly/Foto: Reprodução

Segundo a Organização Mundial de Saúde (2016), “saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a mera ausência de doença ou enfermidade”. Desta forma, cuidar da saúde mental, como diz o tema da campanha, é cuidar da vida, pois a ausência de saúde mental pode chegar, inclusive, a incapacitar as pessoas para, desde o desenvolvimento de atividades rotineiras, como dormir, comer e relacionar-se, a atividades mais complexas, como o trabalho. Assim, a saúde mental, que por muitas décadas foi ignorada, hoje já é foco de divulgação em campanhas, como o Janeiro Branco (de sensibilização à saúde mental) e o Setembro Amarelo (que trabalha a prevenção do suicídio), o que tem favorecido, a meu ver, a atenção das pessoas para a subjetividade que as compõe e, assim, para o seu bem-estar.

ContilNet- Como cuidar da saúde mental e quais cuidados devo tomar?

Cuidar da saúde mental envolve, primeiramente, o perceber-se. Olhar para si, muitas vezes, não é tão fácil quanto parece, e muito menos usual, pois culturalmente fomos treinados a não dar atenção aos nossos sentimentos, o que se expressa muito fortemente em frases que já escutamos, do tipo: Seja forte! Não chore. Homens não choram, e daí por diante. É claro que não existe uma felicidade constante, da mesma forma que a tristeza frequente pode apontar a um adoecimento. O que se sabe é que o ser humano deve vivenciar seus sentimentos, sua subjetividade, e ao perceber que algo está causando desconforto, dar atenção a isso.

Além da atenção ao estado psicológico, algumas práticas favorecem a manutenção da saúde mental, são elas: reservar momentos para atividades que proporcionem prazer; estar na companhia de pessoas agradáveis; ir a lugares que se sinta bem; ter qualidade de presença nos momentos em que se propõe participar; ter uma boa alimentação; dormir o suficiente para sentir-se descansado; praticar atividades físicas (esporte ou não) e, também, o acompanhamento psicoterápico, que pode ser um excelente instrumento para a prevenção.

ContilNet- Quais os benefícios de se fazer psicoterapia? O processo é indicado apenas para quem tem transtorno mental?

A psicoterapia é uma forte aliada no tratamento de transtornos psicológicos, no entanto, esta não é sua única função. Prevenir e favorecer para o bem-estar do paciente também são seus objetivos. Além de proporcionar o autoconhecimento do mesmo.

Desta forma, saliento que a psicoterapia não é um processo indicado apenas para pessoas com transtorno mental. Também nos procuram com frequência, pessoas com alguma angústia, um sofrimento psíquico, decorrente de vários fatores, sendo muito comum os conflitos familiares e relacionais, luto por morte, perdas ou fim de relacionamentos, crises existenciais, ajustamentos e outros.

ContilNet- Quando preciso consultar um psicólogo?

A procura pelo profissional da psicologia não tem pré-requisito ou contra-indicação. Sempre que houver uma necessidade de falar, ser escutado, ou perceber que existe um sofrimento, desajuste e/ou prejuízos em algum aspecto da vida por qualquer que seja o motivo, ou mesmo se este não for aparente, o psicólogo acolherá e juntos tentarão encontrar uma forma de lidar com a situação.

ContilNet- Dentre os transtornos mentais que mais acometem pessoas nos dias atuais, a depressão pode ser um dos mais graves?

A depressão, denominada um transtorno de humor, pode ser considerada como um dos transtornos mentais de maior frequência, assim como os transtornos de ansiedade. E a severidade do transtorno vai depender muito de cada caso, cada pessoa, já que existem vários tipos de depressão, assim como existem vários tipos de transtornos relacionados à ansiedade.

ContilNet- Sobre o uso de medicamento, é correto afirmar que em casos mais graves de comprometimento das funções mentais, é indispensável a utilização dos químicos?

Quanto à indicação de psicofármaco ou qualquer outra medicação, apenas o médico a fará, isso após a avaliação do quadro geral do paciente. Em alguns casos, a combinação do uso destes e o acompanhamento psicoterápico apresenta maior eficácia.

ContilNet- Quais os serviços que podem ser consultados para o cuidado com a saúde mental?

Hoje, dispomos de uma rede pública de atenção à saúde mental, no entanto, esta ainda não consegue atender toda a procura da população. Os centros de saúde e mesmo o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco, com o Núcleo de Prevenção do Suicídio, dispõem do serviço de atendimento a pessoas com transtornos psicológicos. Também disponibiliza este serviço, gratuitamente, a Clínica Escola de Psicologia da Faculdade da Amazônia Ocidental-FAAO.

A Clínica Escola de Psicologia da FAAO vem contribuindo com os seus serviços desde 2009, sendo a primeira Clínica Escola de Psicologia do Estado, e já atendeu cerca de 4 mil pessoas, além dos trabalhos educativos e de prevenção. Contamos com um grupo de profissionais, professores psicólogos, que desenvolve projetos sociais na área e supervisionam atendimentos clínicos psicológicos. Para ter acesso a estes serviços é só entrar em contato com a Instituição.

ContilNet- Existem outras ações de promoção à Saúde Mental que a FAAO desenvolve, além dos serviços de atendimento clínico psicológico?

Sim. Como a FAAO foi pioneira na oferta do primeiro curso de Psicologia do Estado, também engajou diversas campanhas educativas e de prevenção da saúde mental. Além da melhor Clínica Escola disponível, também realizamos palestras, panfletagens, movimentos de conscientização, cursos de extensão, mesas redondas, debates, estudos, dentre outros. Tudo com o compromisso social de favorecer o bem-estar bio-psico-social da comunidade, principalmente daqueles com menos condições financeiras.

Fonte: contilnetnoticias
Programa Celeiro Rural
17:00 as 19:00
Publicidade
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
Travessa Cabanelas, 40 - Rio Branco/AC
Ligue agora
(68) 9952-8991
Horário de atendimento
08:00 AS 18:00 HS